Olodum

HISTÓRICO

O Bloco Afro Olodum foi fundado em 1979, como opção de lazer para os moradores do bairro do Maciel, hoje conhecido como Pelourinho. É uma organização não-governamental reconhecida como de utilidade pública e desenvolve atividades que visam valorizar e fortalecer a cultura de matriz africana e aprimorar o processo de formação cultural dos afro-baianos através de ações educativas e culturais. Depois da estréia no carnaval de 1980, o grupo conquistou 2.000 associados e passou a abordar temas históricos relativos à cultura afro-brasileira. O primeiro LP, "Egito, Madagarcar" (1987), estourou na Bahia com a música "faraó". O Olodum tornou-se conhecido internacionalmente como grupo de percussão afro-brasileira e excursionou pela Europa, Japão e América do Sul. Um dos momentos de maior exposição foi em 1990, quando o grupo participou do disco "The Rhythm of the Saints", do cantor Paul Simon. O Olodum já gravou também com outros músicos consagrados, como Waine Shorter, Michael jackson, Jimmy Cliff, Herbie Hancock e Caetano Veloso.

CURIOSIDADES

A música do Olodum é fruto de uma fusão de ritmos de origem africana, como o ijexá, o samba, o alujá e o reggae.

AÇÕES SOCIAIS

O Olodum teve a iniciativa de, além do bloco de carnaval criar uma escola, uma banda de shows, e um grupo de teatro, como alternativas para estimular a presença afro-brasileira em áreas que, até então, ofereciam pouca visibilidade à população negra.

PRESIDENTE

João Jorge Santos Rodrigues

ENDEREÇO

Rua das LAranjeiras, nº 30, térreo, Pelourinho

Texto do Catálogo Ouro Negro-Carnaval 2010

 
  Site Map