Mundo Negro

HISTÓRICO

A Associação Cultural Comunitária e Carnavalesca Mundo Negro foi fundada numa época em que os moradores do Beiru lutavam para manter o nome do bairro, que tinha sido substituído por Tancredo Neves. O nome Beiru homenageia Preto Beiru, um nigeriano que chegou à região, como escravo, nos idos de 1820 e herdou as terras da família Silva Garcia. Beiru é o único bairro de Salvador que tem o nome de um africano.  


CURIOSIDADES

A Associação Cultural Comunitária e Carnavalesca Mundo Negro publicou o livro “Beiru” (2007), que conta a história do bairro e de seus personagens históricos.

AÇÕES SOCiAiS

Cursos de manicure, artesanato, percussão e dança.  

PRESIDENTE

Roberto dos Santos Freitas

ENDEREÇO

Rua Manuel Rufi no, nº 22 E, Beiru

 

Texto do Catálogo Ouro Negro-Carnaval 2010

 
  Site Map